Vantagens e Desvantagens dos testes múltiplos

Segundo a Academia Europeia de Alergologia e Imunologia Clínica (EAACI), alergia é uma reação de hipersensibilidade iniciada por mecanismos imunológicos, como por exemplo anticorpo da classe IgE¹. Junto com história clínica detalhada sobre alergia, os testes cutâneos podem ser úteis no diagnóstico de doenças mediadas por IgE. O teste percutâneo ideal deve ser de preferência, de fácil execução, pouco doloroso, rápido, de boa reprodutibilidade, baixo custo e com boa sensibilidade e especificidade.

O comitê de imunoterapia da Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia e a Academia Europeia de Alergologia e Imunologia Clínica recomendam os testes percutâneos como principais métodos diagnósticos para doenças alérgicas mediadas por IgE².

Há diversos aparelhos para testes cutâneos, desde as lancetas/puntores individuais até aparelhos múltiplos. Porém, há diferenças significativas de precisão entre os aparelhos. Escolher o melhor fará a diferença entre deixar de diagnosticar corretamente o paciente ou adicionar antígeno em uma imunoterapia sem necessidade. Nesse contexto, o Multi- Test II e Duotip-Test se destacam perante outros dispositivos. O Multi-Test II apresenta uma sensibilidade de 98-100% e especificidade de 95-100%², enquanto o Duotip-Test possui sensibilidade de 100% e especificidade de 95%³.

Vantagens e desvantagens dos testes múltiplos

O teste de puntura pode ser efetuada com aparelho que permita uma aplicação de antígeno por vez ou por aparelhos que permitem a aplicação de múltiplos antígenos de uma vez. A tendência é a utilização de testes múltiplos por aplicação, pois isso faz economizar tempo e tem maior aceitação entre crianças.

Um estudo australiano comparou o uso de lanceta metálica com o Multi-Test II em população pediátrica. Esse estudo concluiu que o Multi-Test foi mais rápido e menos doloroso, tornando-o mais aceitável para essa faixa etária. Além disso, constatou menor gasto de extrato alergênico utilizado nos testes4.

 O Multi-Test II permite a realização de 16 testes alérgicos em apenas 8 segundos, contra outros puntores tradicionais de aplicação única, que realizam 16 testes em aproximadamente 8 minutos. Além disso, existe o Multi-Test PC, contendo 8 puntores com um bastão central desenvolvido exclusivamente para ativar as células neurais inibindo a dor, além de causar traumas muito pequenos no local onde é aplicado5.

Uma das poucas vantagens do puntor individual é quando se quer testar um número pequeno de alérgenos, uma vez que os aparelhos múltiplos vêm com número fixo de “cabeças”.

Padronização de extratos alérgicos

Os aparelhos de testes múltiplos vêm com sua própria bandeja onde estão dispostos os extratos alergênicos.

Com uma bandeja do Multi-Test é possível montar 3 baterias de exames, sendo que cada bateria possui 8 extratos. Por exemplo: com 2 baterias, são possíveis 16 extratos diferentes, porém, como é necessário controle positivo e controle negativo, sobrarão 14 possibilidades diferentes de extratos. Dessas 14 possibilidades, cada médico pode optar por extratos alergênicos mais comuns na região do país onde será realizada o teste alérgico. Sugere-se que minimamente contenha os extratos de ácaros, epitélio de cão, epitélio de gato, fungos, pólens, leite, ovo.

Lembrar sempre de utilizar extratos de boa qualidade/procedência com conservação em ambiente adequado. A bandeja onde é armazenada os extratos do teste é importante para conservação da potência do extrato.  Um estudo de estabilidade dos extratos alergênicos glicerinados 50% contidos na bandeja do Multi-Test e do Duotip-Ttest, mostrou surpreendentemente uma estabilidade de 3 meses se refrigerado e 1 mês em temperatura ambiente6.

 


Dr. Flávio Massao Mizoguchi – CRM: 24603
Otorrinolaringologista
Centro de Rinite e Alergia do Hospital IPO – Curitiba/PR
Tel: (41) 3093-9796 / (41) 3314-1500


Referências:

  1. http://www.eaaci.org/attachments/977_portuguese.htm
  2. Carr et al, 2005. Comparison of test devices for skin prick testing. J Allergy Clin Immunol; 116 (2):341-6
  3. Stryk SV, Slavin RG.J, 1997. Evaluation of Duotip-Test. Allergy Clin Immunol; Jan, 99 (1 Pt 1):149-50.
  4. PK Burton , FA Perram , CH Katelaris, 2013. Comparison of three skin prick test methods in the paediatric clinic in campbelltown hospital. Australasian Society of Clinical Immunology and Allergy (ASCIA) 24th Annual Scientific Meeting, 11–13 September 2013, Perth, Australia  September, 2013.
  5. http://www.multitestbrasil.com.br/blog/por-que-o-puntor-multiplo-para-teste-alergico-podera-ser-sua-melhor-opcao/ 
  6. Wells, G. Plunkett, M. Schell,, 2008. Stability of Allergenic Extracts in Multi-Test II® and Duotip-Test® Skin Testing.  Journal of Allergy and Clinical Immunology; 121 (2), Supplement 1, Page S176

 

 


Seja o primeiro a comentar “Vantagens e Desvantagens dos testes múltiplos”


Parceiros:

FALE CONOSCO